segunda-feira, 27 de março de 2017

Nunca fez tanto sentido o ditado «contra tudo e contra tolos».

O presidente do Eurogrupo terá afirmado que "os países do sul da Europa gastam todo o dinheiro em copos e mulheres". Imagine-se o que diria esse rapaz holandês se ele conseguisse imaginar que a FPF, além das putas e do vinho verde, derrete o resto do pilim a contratar macacos para insultar o Benfica! 

Os paineleiros e cumentadeiros televisivos, amigos da fruta e do cuspe, uniram-se para criticar o Tricampeão por este não abrir as pernas ao grupo de macacos, na sua génese formada por super dragões e juve leo, que aportaram na luz com cânticos de «filhos da puta SLB». Iam apoiar a selecção! O estado calamitoso de indigência mental de toda essa matilha chega a ser repugnante. E o seu ódio ao Benfica desafia os parâmetros da demência. 

Eu já não tenho duvidas que essa gentalha está gravemente doente. Federação, lagartos e fruteiros estão juntos nos ataques ao Tricampeão Nacional. E nem se dão ao trabalho de tentar disfarçar! Nas TVS, a proporção, que era de um contra três (quatro com o moderador), passou para cinco (juntando-lhe o moderador) contra um! Vai ser preciso paciência de santo para aguentar este estado de coisas. Será o titulo mais saboroso da história benfiquista. Nunca - como agora - fez tanto sentido o ditado «contra tudo e contra tolos».

Imagine-se que os coisos estão chateados por o Tricampeão de Portugal não se mostrar submisso. Estão putos da vida porque o Benfica resolveu assumir, na plenitude, toda a sua grandeza. Depois de décadas em que ambos gozaram à brava com o declínio do maior Clube português, estão - finalmente - a perceber o quanto são pequeninos. Juntos e a ladrar à desgarrada julgam-se fortes. Com o apoio dos merdias sentem-se, até, uns gigantes. Lamentavelmente, para eles, não passam de uns grotescos gigantones!

Marta Soares, conhecido lagarto incendiário, ouviu uns 'mimos' no estádio da luz. O pequeno sapo saraiva, viu no corriqueiro acontecimento mais uma oportunidade para fazer notar a sua raiva; «podia ter sido uma tragédia» - cuspiu de pronto o minúsculo batráquio. A pior tragédia, digo eu, foi o seu pai não ter ejaculado numa boneca insuflada. O mundo seria hoje muito mais arejado e livre de tanta bacorada!

À boleia do pequeno sapo a imprensa saiu atrás do minúsculo soares - «senti que a minha vida poderia estar em perigo» - rosnou.
Imagine-se o que sentiram as gentes que, durante quarenta anos, aturaram o traste a mamar na teta da Câmara de Vila Nova de Poiares! As suas vidas eu não sei se estiveram em verdadeiro perigo. Agora...que ficaram todos com as algibeiras a arder, disso não resta a mais pequena duvida. É que o incendiário Soares não abalou para o alvalixo sem deixar atrás de si uma divida municipal superior a 30 milhões de euros! 

O doutor burrié, estrela mais mediática da porcaria de imprensa que temos, justificou os cânticos ofensivos ao Benfica com putativas provocações dos «No Name Boys». A imprensa, rasca, comeu e calou. E ninguém perguntou a esse pedaço de esterco se são também os «NN» os culpados de - em todos os jogos do foculporto e dos sapos do alvalixo - as mesmas claques, em separado, executarem precisamente os mesmos cânticos...

E a meio da tarde de ontem...no basquetebol...mais uma Taça de Portugal - a quarta, de enfiada - para o Museu Cosme Damião!

domingo, 26 de março de 2017

Selecção do macaco!

Há muito que me sinto indiferente à selecção nacional. E a culpa não é minha, garanto-vos. Se é certo que no meu coração futebolístico - inundado de benfiquismo - pouco espaço sobra livre, também é verdade que tempos houve em que eu sempre arranjava um espacinho para sofrer pela equipa portuguesa. Nem é preciso relembrar que a pior escoria do futebol luso já passou (e passa) pela federação, em lugares de destaque onde é demasiado fácil ferir o Benfica. Hoje, mercê do comportamento desses dirigentes, treinadores e jogadores, cada vez mais a selecção vale menos na minha consideração. Nem o titulo europeu mexeu com as minhas emoções. Festejei-o, ao lado das pessoas queridas que me acompanhavam, no fundo, partilhando a sua enorme alegria. Nada Mais.

Por toda a Europa do futebol os 'macacos' e os 'mustafás' são banidos dos estádios. Em Portugal são ídolos tão grandes como os maiores jogadores. Há muito que são os preferidos do jornalismo de sarjeta e são agora o ai-jesus da federação! Ontem, mais uma vez, confesso ter sentido uma profunda repugnância por todo aquele circo montado no estádio da Luz. Quando uma federação, em litígio aberto com o Benfica, convoca estes excrementos (video) para apoiar a sua selecção, eu só posso sentir asco por toda essa gentalha.

Essa bosta é legalizada? Vai ser castigada a federação por a sua claque insultar o maior clube português em sua própria casa? Quem é que vai pagar as toneladas de creolina necessárias para desinfectar o estádio da Luz?  E se a claque não estiver legalizada? Pode a federação ter uma claque ilegal sem qualquer tipo de consequência? Pode o Benfica fazer chegar estas imagens à UEFA e À FIFA acompanhadas de um pedido de urgência  máxima para passar a disputar o campeonato espanhol? Pois se tanto odeiam o Benfica, não creio que levassem a mal...

E seria um óptimo Carnaval. A selecção da macacada passaria a treinar em alcoxeti e a jogar no olival. A federação dava devido uso a instalações pagas com dinheiro dos contribuintes, convidava os macacos madureira e mustafá para tratarem das questões arbitrais, e começava também ela a tratar o Benfica como visitante, ou rival, entre outras excelentes medidas institucionais. 

sábado, 25 de março de 2017

Macacadas!

Não fazia sentido receber institucionalmente um grupo de pessoas que passam grande parte do seu tempo a congeminar formas de nos prejudicar. Não podendo fingir que tudo está bem o Benfica comunicou ao país que nenhum membro dos Órgãos Sociais estará presente no Portugal-Hungria de logo à noite. A guerra e o desrespeito ao maior Clube português são evidentes e parece não haver maneira de parar os ataques. Como se não bastasse o Nandinho das facturas a mandar em nossa casa ainda vamos ter de levar com o macaco a liderar as claques! 

Ao Nandinho que pagava as facturas das "deusas" (em português; putas do Araújo) contratadas para servir fruta dourada no dragão a FPF junta-lhe um cadastrado para liderar as claques de apoio à selecção. Vamos ter o patrão das quengas na cadeira presidencial e, nas bancadas, um gorila (dois se lhe juntarmos o mustfá) a liderar um grupo que, se a justiça deste país funcionasse, entupiria todo o sistema prisional! 

Os três da macacada...Que ninguém se admire se aos compadres Nandinhos, historicamente unidos na vontade de fazer mal ao Benfica, aparecer lá o outro...o capachinho Nandinho para completar a triade. Também tem Gomes no apelido, há anos que usa o tapete de pinto da costa na cabeça e é o actual administrador da SAD da fruta. Na altura (video aqui) das putas andava a semear dióspiros na politica...O macaco nandinho mdureira soma e segue com os Nandinhos Gomes na algibeira!

Já com o próximo clássico na Luz no horizonte os funcionários do Benfica vão ter em mãos uma tarefa ciclópica; vasculhar todo o estádio em busca de artefactos pirotécnicos, e outros, como facas e soqueiras. E desinfestar cada centímetro por onde toda essa gente sentou a seira fazendo figura de anfitriões! 

Comunicado SLB;

"Na reunião plenária dos Órgãos Sociais do Sport Lisboa e Benfica, que se realizou hoje, dia 24 de março de 2017, foi decidido:

1 – Desejar as maiores felicidades à Selecção Nacional Portuguesa para o jogo de amanhã, sábado, entre Portugal e a Hungria que se realiza no Estádio da Luz, mas informar que de acordo com o que foi expresso no Comunicado emitido pela Direcção de Comunicação do SLB no passado dia 20 de Março, nenhum membro dos Órgãos Sociais do Sport Lisboa e Benfica estará presente no referido jogo.

2 – Tendo em conta as fortes preocupações que o Sport Lisboa e Benfica manifesta em relação à actual situação do futebol português, solicitar reuniões ao presidente da Federação Portuguesa de Futebol e presidente da Liga Profissional de Futebol.

Lisboa, 24 de março de 2017

Direcção de Comunicação do Sport Lisboa e Benfica"

sexta-feira, 24 de março de 2017

Eusébio - História de uma Lenda

Eusébio da Silva Ferreira! Hoje quero-vos falar de uma lenda! E também da honra de - no CCB - assistir à ante-estreia do documentário, 'Eusébio - História de uma Lenda'. Eusébio será sempre, para mim, o maior e o melhor jogador português de todos os tempos. O que ele fez, num Clube de um país desconhecido que praticamente não existia no mapa da Europa, numa época onde a televisão mal gatinhava, é um feito de tal ordem gigantesco que chega a ser heresia fazer-se qualquer tipo de comparação, seja lá com quem for.

A sala estava cheia de gente distinta, desde o Presidente Luís Filipe Vieira ao nosso Primeiro Ministro. Muitas caras - mais ou menos conhecidas - muitos ilustres benfiquistas, e aqueles que eu continuo a mais apreciar; os antigos jogadores do Benfica que são parte da história viva do nosso Clube! Tive a honra de cumprimentar Neno, logo à entrada, o senhor Shéu Han e o enorme Toni! Muitos outros que só vi à distância como, Rui Costa, Veloso ou António Simões, deixaram-me a certeza de que estar naquele espaço compartilhado era a minha maior recompensa. Eles nunca chegarão a saber o quanto me ajudaram a ultrapassar alguns momentos menos bons da minha vida nem a quantidade de vezes que contribuíram para que eu fosse mais feliz. Muito obrigado a todos.

Gostei muito do documentário, que recomendo desde já. Penso que o director Filipe Ascensão captou de uma forma fantástica o Eusébio ser humano, transformando o que ele tinha de menos bom, como a comunicação, num dos pontos altos do documentário. Conseguiu fazer-me rir muito e emocionou-me de sobremaneira! No que diz respeito ao futebol propriamente dito, há algumas imagens de arquivo inéditas; enorme mais-valia para o enriquecimento do filme, gostei do desencadear da história mas achei que podia ter ido mais longe...

Faltaram imagens dos muitos títulos colectivos (Benfica) e individuais, sobretudo as duas Botas, e Bola, de Ouro da Europa, melhor marcador da Taça dos Clubes Campeões Europeus por três vezes, e as sete bolas de prata conquistadas no campeonato português...Tudo isto - e como é importante sublinhá-lo - com 6 operações ao mesmo joelho e sempre, sempre, ao serviço de um Clube português!!

O ''Senhor Coluna''! A impressionante quantidade de vezes que Eusébio fala da importância e do respeito que tinha pelo "Senhor Coluna" (não por acaso o jogador que o meu Pai, portista assumido, mais admirava) merecia por parte da realização um depoimento do Grande Capitão - dos vários que existem em arquivo - a juntar aos que fazem a história do filme. A não perder! Será sempre mais de uma hora em boa companhia!

José Manuel Antunes. Para além do convite com que me honrou, ainda me deu oportunidade de partilhar esses momentos inolvidaveis na sua companhia, do seu filho Tiago, e do Pedro Mendes Pinto! Ficarão todos, para sempre, no restrito álbum das minhas "recordações para a vida". Sem mais adjectivos para lhes demonstrar o meu apreço, fico-me por um outro...muito obrigado a todos!

quinta-feira, 23 de março de 2017

Gala Cosme Damião - foi bonita a festa benfiquista!

Foi bonita a festa benfiquista. Simples, eficiente e sem tempos mortos, a denunciar o profissionalismo que hoje é marca do Benfica. Ao contrário dos sapos, que usam as galas e o tempo de antena para falar do Benfica, ali somente se benficou com nobreza. Não se falou de clubes rivais e também não se aproveitou a oacsião para falar mal de ninguém. Foi uma noite de grande exaltação benfiquista, do Benfica e para o Benfica. É bem verdade que ainda vimos por ali duas ou três personalidades malquistas no seio dos benfiquistas mas o protocolo e a boa educação assim o exige. Não o mereciam, os trastes.

Quero destacar o discurso desassombrado de Rui Vitória e o momento musical proporcionado por António Zambujo, com um tema novo dedicado ao Benfica. Desde a classe e o profissionalismo dos apresentadores, da excelente produção do espectáculo até ao apoteótico final, onde o "ser benfiquista" nos arrepiou a todos, foi mesmo uma noite à Benfica!

A malta do doutor burrié anda pelo facebook a alarmar os benfiquistas mais incautos (digo eu), com fotos de bilhtes supostamente comprados nas casas do Benfica...incrivelmente, são vários os objectivos que já conseguiram. Já puseram a malta das redes sociais a insultar as casas do Benfica, generalizando os insultos com uma ligeireza que faz pena, e, sobretudo, conseguiram fazer-se muito mais importantes do que na realidade são. Não se lhes pode dar semelhante protagonismo!

Meus caros, essa corja só é forte quando joga com o baralho viciado. Todos juntos são uns ''heróis''. Tresmalhados, espalhados pelo estádio, valem ainda menos que um traque. Servem-se dos jornais, sempre à procura de sangue, para tentar instalar o pânico. Podem fotografar meia dúzia de bilhetes e fazer passá-los por dezenas. O que eles não podem fazer é clonar os cartões de sócio para entrarem no estádio. No fim, o mais que lhes pode acontecer, àquela meia dúzia de macacos que de facto arranjaram bilhete, é ficarem às portas da Luz a ouvir os festejos dos golos do Jonas e do Mitroglou.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Atitude da federação demonstra incompetência e a cobardia dos seus dirigentes!

O Benfica fez publicar no seu sitio um comunicado (AQUI) onde explica a sua não presença na gala da federação justificando-a com "a permanente e reiterada inexistência de tomadas de posição por parte dos responsáveis da Federação" e a "uma inequívoca dualidade de critérios da justiça desportiva, até hoje não contestada, em que só os processos que envolveram o Sport Lisboa e Benfica (Luís Filipe Vieira, Rui Costa e Rui Vitória) conheceram uma decisão célere e penalizadora, em contraponto com uma total ausência de decisões sobre outros processos, alguns bem mais antigos, que envolvem outras instituições e agentes desportivos por factos de reconhecida enorme gravidade" ...

Considerando "que estando ultrapassados todos os limites de tempo razoáveis para se aguardar por decisões (quaisquer que elas sejam) e não existindo qualquer explicação, chegou o momento de publicamente demonstrar e expressar a sua indignação, justificando por esse motivo a ausência de representantes institucionais do clube no evento hoje realizado." 

"O Benfica não aceita este estado de total anarquia, de vale tudo em que se está a transformar o futebol português, tornando-se exigível que a lei seja cumprida de forma transparente e que exista uma JUSTIÇA IGUAL PARA TODOS."...

"O Benfica continuará o seu projecto de engrandecimento do futebol português e exige respeito em nome de uma indústria que requer profissionalismo, rigor e exigência de todos.
É o futuro, a transparência e a sã convivência do Futebol Português que está em causa.
Chegou o momento de respostas claras e não de um silêncio comprometido e escondido."

Ora, o conselho de disciplina do justiceiro meirim fez questão de depressa  dar razão ao Benfica. Não foram precisas 24 H para demonstrarem a sua pequenês intelectual, e, estou certo, o seu anti-benfiquismo primário. Depois da impunidade sobre o que tem sido dito quer pelo clube da fruta quer pelos lagartos do alvalixo, é preciso não ter um pingo de vergonha na puta da cara para mover um processo ao Benfica!

As mascaras estão a cair e eu até gosto mais assim. Pelo menos ficamos a saber de que lado estão, uns, e...os outros. Há que separar o trigo do joio. De um lado o Benfica e a verdade desportiva. Do outro...o resto...a porcaria. Há um combate que tem de ser travado contra uma corja que tem de, forçosamente, ser parada.  Sem receios, há que mostrar a nossa força. A força da razão!
Parafraseando um conhecido batráquio; «a atitude da federação demonstra incompetência e a cobardia dos seus dirigentes!»